Connect with us

Popular World News

Créditos do BES aos grupos Mello e Pelicano investigados pela Justiça

Créditos do BES aos grupos Mello e Pelicano investigados pela Justiça

Notícias econômicas

Créditos do BES aos grupos Mello e Pelicano investigados pela Justiça

José Sena Goulão / LusaO antigo Ministro da Economia Manuel Pinho
O DCIAP pediu ao Novo Banco o registo de financiamentos do BES das duas empresas, no âmbito da investigação ao caso EDP, que envolve o antigo ministro da Economia, Manuel Pinho.

De acordo com a edição desta terça-feira do Jornal de Negócios, o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) pediu informação ao Novo Banco sobre eventuais financiamentos do BES à Brisa e ao Grupo Mello entre 2006 e 2007 e ao grupo Pelicano.
O matutino teve acesso aos autos da investigação do caso EDP e, segundo esses documentos, Manuel Pinho, enquanto ministro da Economia, entre 2005 e 2009, terá alegadamente beneficiado “indevidamente os interesses diretos ou indiretos do grupo GES/BES”. Em causa estão, por exemplo, as aprovações das Herdades da Comporta (controlada pelo GES) e do Pinheirinho (financiada pelo BES) como projetos PIN (Potencial Interesse Nacional).
O Ministério Público (MP) considera ainda “indevida” a autorização concedida por Manuel Pinho à Brisa para a aquisição da Auto-Estradas do Atlântico, “contrariando de forma inédita a decisão de proibição da Autoridade da Concorrência”.

Nos autos, lê-se ainda que o Ministério Público estabelece uma ligação entre os alegados benefícios concedidos a estas empresas e as “quantias pagas pelo GES por ordem do arguido Ricardo Salgado ao arguido Manuel Pinho”, que terá recebido cerca de 1,3 milhões de euros.


Source link

Continue Reading
You may also like...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Notícias econômicas

To Top
error: Content is protected !!